Esportes

HOMENAGEM

‘Sementes do Esporte’ homenageia craques do futebol amazonense

Uma muda de arvore foi plantada e batizada por casa um homenageado


Erleilson Brito - FAAR
31/07/2020 às 19h14min

- Foto: FOTOS: Mauro Neto/Faar


 

O Governo do Estado, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), lançou na manhã desta sexta-feira (31/07) o projeto “Sementes do Esporte” que homenageia atletas, ex-atletas e personalidades do futebol local. O lançamento aconteceu no Estádio Ismael Benigno (Colina), bairro São Raimundo, onde 25 mudas de pau-pretinho, uma árvore originária da Amazônia, foram plantadas no estacionamento.

 


Ao lado de cada muda plantada foi colocada uma placa de aço escovado com o nome do homenageado. Para Antônio Ricardo Peixoto Lima, o “Rolinha” que foi tricampeão amazonense (1968, 1969 e 1974), a ação é um ato de reconhecimento.


“Eu me sinto muito feliz de poder estar aqui e agradeço à Faar pela atitude, pois é algo muito honroso para nós. Afinal, estamos recebendo essa homenagem ainda em vida, o que nos causa um grande sentimento de gratidão e é, sem dúvida, um reconhecimento”, declarou.

 

Outro tricampeão amazonense homenageado no projeto foi Alberto Carlos da Silva. Para ele, o momento foi de descontração. “É um grande momento, de reencontrar amigos, conversar, relembrar situações. Estou feliz demais. É um dia singular, e obrigado à Faar por isso. O futebol é um esporte coletivo, e é uma honra representar o meu time”, agradeceu.

 

Além de atletas e ex-atletas, a homenagem chegou àqueles que fizeram reverberar os feitos do futebol, como o cronista e jornalista esportivo Arnaldo Santos, que destacou a importância do momento. “Vocês, jogadores, é que são importantes. Esse momento é de vocês. O que seríamos nós, jornalistas esportivos, sem vocês. Parabéns e agradecemos a lembrança deste dia especial”.

 

Essa é a primeira edição do projeto, que deve chegar a outras praças públicas com a proposta de lembrar nomes de destaque no esporte amazonense e com o viés ambiental, de tornar os lugares esportivos mais arborizados, conforme assinalou o diretor técnico da Faar, Edson Marques.

 

“Essa nossa ideia, de homenagear esses ícones do futebol ainda em vida, é antiga. Nós demos início hoje e não acaba aqui. Iremos chegar a todas as nossas praças esportivas e fazer essa ação. Um projeto maravilhoso em que os atletas podem se reencontrar, bater um papo, e que deixa um legado importantíssimo, que é a arborização do nosso estacionamento, proporcionando uma ambiente melhor para todos que vierem ao estádio”, concluiu.

 

arnaldo 

Comentários