image


Recorrente

Prédio do Condomínio Verona está condenado após explosão

Segundo moradora, caso parecido levou ao falecimento de uma mulher, em 2020, no mesmo condomínio
image Crédito: Divulgação / Defesa Civil
Há 3 semanas

Segundo o relato de uma moradora do Condomínio Verona, localizado no bairro Lagoa Azul, zona norte de Manaus, além da explosão desta quarta, 24, outro caso parecido ocorreu no ano passado.

Conforme a mulher, que preferiu não se identificar, o residencial já teve outra explosão também ocasionada pelo vazamento de gás.

"Ano passado aconteceu a mesma coisa por causa de vazamento, uma explosão num bloco bem perto do que teve o acidente hoje. Houve até um falecimento de uma moça. O condomínio parece um pouco abandonado, mas também, muitos moradores alugam as casas sem conhecer o inquilino muito bem, aí mais problemas têm surgido", relatou a moradora ao Portal Norte de Notícias.

Prédio condenado

Na avaliação inicial da Defesa Civil, o bloco de oito apartamentos, em que ocorreu a explosão, foi condenado, por apresentar riscos. A área foi isolada, e nesta quinta-feira, 25, a equipe do órgão municipal deve retornar ao condomínio, para finalizar a vistoria e concluir o laudo.

De acordo com o diretor de Operações da Defesa Civil, major Robson Falcão, a explosão, que destruiu quatro apartamentos e comprometeu outros quatro, teria sido ocasionada pelo vazamento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha.    

“Os oito apartamentos foram condenados, não podem ser utilizados. Todo o prédio foi interditado e a área isolada, para evitar qualquer tipo de problema. O Instituto de Perícia Criminalística, da Polícia Civil, foi acionado, para também fazer o seu laudo e liberar o espaço ao condomínio, para que sejam feitas as demolições necessárias, uma vez que o local está em risco de desabamento, por isso foi interditado”, explicou o major Falcão.

Durante a ocorrência, sete famílias foram cadastradas pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), para serem inseridas no programa de auxílio-aluguel. Nesta quinta-feira, uma equipe do órgão também deve retornar ao local.

Entenda

Na noite desta quarta-feira, 24, um apartamento do Condomínio Verona ficou destruído após uma explosão. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, uma pessoa sofreu queimaduras graves e segue em tratamento no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.

image