Amazonas

Calamidade

Nove municípios do AM pedem reconhecimento de Estado de Calamidade

Os pedidos foram enviados pelos prefeitos das cidades e tem como justificativa o agravamento da pandemia de Covid-19


Aleam
18/02/2021 às 15h59min

- Foto: Ascom/ Sespa


Tramitam na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) nove Projetos de Decreto Legislativo (PDL´s), de autoria da Mesa Diretora, que reconhecem a ocorrência de Estado de Calamidade Pública em municípios do Estado.

Estão entre as cidades que deverão ter o Estado de Calamidade reconhecido: Santa Izabel do Rio Negro (distante 630 quilômetros de Manaus); Lábrea (702 km); Guajará (1.476 km); Coari (362 km); Itacoatiara (176 km); Careiro (88 km); Nova Olinda do Norte (135 km), Beruri (173 km) e Autazes (113 km).

Os pedidos foram enviados pelos prefeitos das cidades e tem como justificativa o agravamento da pandemia de Covid-19. Em alguns casos, as medidas deverão ter um prazo de 180 dias, a contar de janeiro de 2021. O prazo de tramitação dos PDL’s é de três dias a partir desta quinta-feira, 18.

Comentários