Polícia

Agressão

Esposa de ex-comandante dos Bombeiros é acusada de racismo e agressão

Mãe e filha tiveram lesões e hematomas pelo corpo


Alinne Bindá
29/06/2020 às 19h53min

- Foto: Divulgação


A universitária do curso de administração da Universidade Federal do Amazonas, Dayse Oliveira de Brilhante de 22 anos, foi  agredida na última, quinta-feira(25), quando passeava com seu cachorro e passou em frente a uma festa junina (clandestina), no bairro Parque 10 de Novembro, conjunto jardim Sakura, na zona sul de Manaus. O imóvel é de propriedade do Coronel Fernando Paiva Pires Junior, ex-comandante do Corpo de Bombeiros Militares do Amazonas. A agressão, de acordo com a vítima partiu da esposa do oficial.


Conforme o Josemar Berçot (advogado da vítima), Dayse passeava com seu cachorro, quando foi surpreendida pela mulher, que a xingava de prostituta e negra, sendo acompanhada por aproximadamente 7 pessoas. Mesmo assustada, a universitária conseguiu escapar e ao chegar  a guarita, sendo salva pelo porteiro e pelo síndico, que também chegaram a ser agredidos. Letícia Brilhante (mãe) foi até a guarita para saber o que havia ocorrido com a filha e acabou também sendo agredida, além de gerar um grande discursão. 

Ainda de acordo com as informações do advogado os acusados estariam bêbados e descontrolados.

Após o ocorrido Dayse Brilhante (filha) e Letícia Brilhante (mãe) foram até o 23ª Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde prestou queixa por agressão e racismo e logo foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para realizar os exames de corpo de delito para constata as agressões sofridas. Em seguida foi a unidade de saúde para realizar curativos nos ferimentos.


O crime ainda está em processo de investigação pela polícia do 23ª, recolhendo depoimentos dos agressores e vizinhos próximos, e pela justiça foi instaurado um inquérito criminal que deve apurar a participação dos envolvidos.

O Portal Norte de Notícias entrou em contato através de e-mail com Corpo de Bombeiros para saber as medidas que serão tomadas com o coronel Fernando Pires, mas até a publicação desta matéria não obtivemos retorno.

O Racismo, tema que ainda está presente no meio da sociedade, seja negando-o, afirmando-o ou ignorando-o, mas presente, e logo se vem a mente a até quando que raça vai dizer quem são as pessoas?

Assista o vídeo do momento que Dayse foi agredida:

 

Comentários