image


Pandemia

COVID: Amazonas confirma mais 69 óbitos e 1.608 novos casos

Desde o início da pandemia no estado, já foram confirmadas 10.642 mortes pelo novo coronavírus
image Crédito: Ministério da Saúde
Há 3 semanas

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) emitiu hoje, 24, um novo boletim epidemiológico com a situação da pandemia no Amazonas. Nas últimas 24h, 69 óbitos foram registrados e 1.608 novos casos de Covid-19, no Estado.

Desde o início da pandemia no Amazonas, já foram confirmados 310.919 casos da doença, além de 10.642 mortes pelo novo coronavírus.

Rede de Assistência

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 1.277 pacientes internados, sendo 765 em leitos clínicos (172 na rede privada e 593 na rede pública), 483 em UTI (163 na rede privada e 320 na rede pública) e 29 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

 

Há ainda outros 245 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 172 estão em leitos clínicos (24 na rede privada e 148 na rede pública), 58 estão em UTI (27 na rede privada e 31 na rede pública) e 15 em sala vermelha.

 

Municípios

Dos 310.919 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (24/02), 144.162 são de Manaus (46,37%) e 166.757 do interior do estado (53,63%).

 

Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (8.969); Parintins (8.340); Iranduba (7.146); Manacapuru (7.009); São Gabriel da Cachoeira (6.985); Tefé (6.801); Humaitá (6.308); Itacoatiara (5.690); Presidente Figueiredo (5.270); Carauari (5.252); Lábrea (5.001); Careiro (4.034); Rio Preto da Eva (3.951); Barcelos (3.877); Ipixuna (3.615); Eirunepé (3.365); São Paulo de Olivença (3.290); Maués (3.266); Tabatinga (2.974); Santa Isabel do Rio Negro (2.640); Itapiranga (2.632); Autazes (2.418); Manicoré (2.408); Atalaia do Norte (2.362); Pauini (2.338); Benjamin Constant (2.285); Alvarães (2.284); Boca do Acre (2.259); Nova Olinda do Norte (2.196); Urucurituba (2.146); Barreirinha (1.960); Beruri (1.881); Novo Airão (1.844); Maraã (1.792); Anori (1.738); Urucará (1.686); Tapauá (1.651); Amaturá (1.587); Uarini (1.547); Manaquiri (1.498); Anamã (1.483); Santo Antônio do Içá (1.480); Nhamundá (1.459); Borba (1.363); Envira (1.349); Fonte Boa (1.291); São Sebastião do Uatumã (1.289); Novo Aripuanã (1.276); Guajará (1.190); Silves (1.164); Jutaí (1.105); Tonantins (1.054); Canutama (979); Apuí ( 859); Juruá (813); Codajás (790); Boa Vista do Ramos (786); Careiro da Várzea (765); Japurá (751); Itamarati (686) e Caapiranga (530).

 

Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 7.534 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 3.108.

 

A lista inclui Manacapuru (270); Parintins (262); Itacoatiara (235); Coari (171); Tefé (146); Iranduba (120); Tabatinga (109); Humaitá (107); São Gabriel da Cachoeira (94); Maués (76); Presidente Figueiredo (87); Autazes (73); Lábrea (58); Benjamin Constant (64); Nova Olinda do Norte (54); Manicoré (54); Careiro (75); Barcelos (51); Rio Preto da Eva (58); Borba (43); São Paulo de Olivença (44); Barreirinha (48); Urucará (46); Santo Antônio do Içá (34); Alvarães (32); Santa Isabel do Rio Negro (39); Manaquiri (40); Carauari (34); Fonte Boa (29); Tonantins (31); Anori (29); Novo Airão (26); Beruri (28); Nhamundá (28); Jutaí (27); Boca do Acre (19); Itapiranga (23); Novo Aripuanã (23); Guajará (19); Urucurituba (27); Tapauá (19); Uarini (17); Eirunepé (20); Ipixuna (14); Pauini (17); Caapiranga (18); Apuí (17); Codajás (16); Silves (21); Amaturá (15); Boa Vista do Ramos (11); Maraã (12); São Sebastião do Uatumã (17); Juruá (13); Canutama (8); Itamarati (8); Careiro da Várzea (12); Atalaia do Norte (7); Japurá (7); Anamã (4) e Envira (2).

 

FVS-AM alerta a população

O uso da máscara, manter a distância entre as pessoas, lavagens das mãos com água e sabão ou a utilização de álcool em gel, são recomendações consideradas fundamentais no controle da circulação do vírus da Covid-19, que continua presente no estado.

image