Nacional

Rio de Janeiro

Borat, de Amor & Sexo, é baleado em confusão de trânsito

O assistente de palco do programa comandado por Fernanda Lima foi atingido no rim direito e o intestino


Da redação / portais
26/11/2020 às 11h58min

- Foto: Reprodução


Na tarde da última quarta-feira (25), Bruno Miranda, mais conhecido como Borat, assistente de palco do programa Amor & Sexo de Fernanda Lima, foi atingido por um tiro quando estava a caminho da academia no Recreio do Bandeirantes, no Rio de Janeiro. A família tem informado sobre o estado de saúde do modelo por meio das redes sociais, sendo que o comunicado mais recente diz o seguinte:

"Ele estava acordado, lúcido, orientado e respirando em ar ambiente (sem ajuda). A pressão ainda está um pouco baixa e precisando de noradrenalina. Vamos continuar rezando pela recuperação do nosso guerreiro. Infelizmente ele não poderá receber visitas por conta do decreto do prefeito em relação à pandemia de Covid".

O comunicado anterior explicou que Bruno, quando estava a caminho da academia, quis ajudar um casal que havia capotado o carro: "O Bruno estava caminhando sozinho para a academia (seu carro já estava estacionado) quando ocorreu a batida de dois carros. Um dirigido por uma mulher, que estava com o carro capotado no acostamento, e outro dirigido por um policial militar. O Bruno e um casal foram ajudar a tirar a mulher do carro capotado. O policial militar, alterado, entrou em luta corporal com o homem do casal e tentou atirar nele, porém a bala sobrou para o Bruno, perfurando sua região periumbilical à direita". 

Logo após a confusão, Bruno foi levado a um hospital após ter o rim direito e o intestino atingidos. Ele primeiramente ficou respirando com a ajuda de aparelhos por conta da pressão arterial que estava baixa. 

Segundo informações do jornal Extra, o sargento Fábio dos Santos, que disparou o tiro, teria descido do veículo para discutir com o outro motorista e acabou sacando a arma e atirando. Ele ainda tentou fugir e a arma foi encontrada escondida em uma árvore próxima ao local do crime. 

O caso está sendo investigado. O policial foi preso e vai responder por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma.


Comentários