Manaus

LEITE MATERNO

Agosto Dourado contribui com profissionais de saúde

Técnicos de enfermagem ganham reforço na capacitação


TRÊS COMUNICAÇÕES
30/07/2020 às 16h23min

- Foto: Divulgação


Ações em prol do Agosto Dourado contribuem para a formação de profissionais de saúde


Ao longo do mês, alunos do curso Técnico de Enfermagem do Centro de Ensino Literatus irão participar de atividades lúdicas que os capacitarão para atuar na sensibilização e incentivo à amamentação nas unidades de saúde do Amazonas. A ação faz parte da campanha Agosto Dourado, que busca conscientizar a sociedade sobre a importância do leite materno na alimentação dos primeiros anos de vida dos bebês. 


Rodas de conversa, vídeos, experiências e reflexões compartilhadas são algumas das atividades que farão parte da programação dos alunos da instituição. A enfermeira e assessora técnica do Literatus, Nice Varela, defende que para que mais pessoas possam se conscientizar é necessário que profissionais e entidades de saúde comecem a fazer parte dessa causa, desenvolvendo ações educativas e debatendo sobre o assunto.


“Por isso, é fundamental que os profissionais de saúde, principalmente os que atuam em obstetrícia, reforcem aos pais e familiares o seu papel no apoio à amamentação, que além de contribuir para o desenvolvimento do bebê, também promove benefícios para a saúde da mãe”, informou a enfermeira.



A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que os bebês sejam alimentados exclusivamente com leite materno até os 6 meses. A organização traçou como meta, para 2025, aumentar em pelo menos 50% a taxa de aleitamento materno exclusivo até os 6 meses.


Diferente dos demais tipos de leites que normalmente são comercializados, o leite materno contém todas as proteínas, gorduras, vitaminas, açúcares e água que uma criança precisa para se desenvolver, além dos anticorpos e glóbulos brancos que previnem as infecções e as doenças. 


Para as mães, o aleitamento ajuda a minimizar o risco de desenvolver câncer de mama e de ovário, doenças cardiovasculares e diabetes, além de fortalecer os laços afetivos com o bebê.

---

Comentários