image


Pré-campanha

'Motociata' pró-Bolsonaro deve atrair 20 mil apoiadores neste sábado, em Manaus

O presidente deve fazer uma vídeochamada aos organjzadores, no final do passeio
image
Fonte: Jefter Guerra - Há 1 semanas

Mesmo com a  ausência do presidente Jair  Bolsonaro (sem partido), que está internado em São Paulo por conta de uma obstrução intestinal, entre 10 e 20 mil motociclistas apoiadores dos movimentos conservadores do Amazonas, realizam amanhã, 17, uma “motociata” em apoio ao chefe do Executivo.  

Com ajustes no seu trajeto, o apoio de mais 30 agentes municipais de trânsito e um batedor da Polícia Militar, a motociata terá sua concentração às 7h e saída às 8h30 da frente do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), localizado na avenida do Turismo, Zona Oeste da capital. 

O movimento passará pela Ponta Negra, depois avenida Brasil, ponte Rio Negro, onde grupo vai em direção ao distrito do Cacau Pirêra e retornará para finalizar seu ato na Ponta Negra. 

Em entrevista ao Portal Norte de Notícias, o organizador do evento em Manaus, Coronel Menezes (Patriota), disse que os apoiadores dos movimentos conservadores do Estado realizarão o evento, mesmo sem a presença do presidente, como forma de demonstrar a ele a sua força na região, além de promover uma grande corrente de oração na Ponta Negra para o seu pronto restabelecimento.

“Iremos apresentar uma solidariedade ao presidente que não pôde vir por força maior, mas passa bem, pois eu falei com ele esta manhã, por volta de 11h. E por conta desta mobilização, teremos motociclistas vindo de Roraima, Rondônia e muitos vindo do interior do Estado. Alguns compraram e alugaram motos em Manaus mesmo. Mas vale ressaltar, que quem tem carro ou bicicleta também poderá participar do movimento”.

Menezes disse ainda, que ao final da motociata, o presidente irá fazer uma ligação por vídeo para os seus apoiadores diretamente do Hospital Vila Nova Star, Zona Sul da capital paulistana, onde está internado. "E assim que ele sair dessa, o presidente já garantiu que virá à Manaus no último trimestre deste ano", adiantou.

Sobre apoio de políticos, o coronel falou que o evento será inclusivo. “Político, religiosos, times de futebol e de diferentes matizes da sociedade poderão estar com a gente neste ato". 

Ao concluir, Menezes aproveitou para convidar todos os amazonenses apoiadores do presidente para participarem do ato.  

Boletim

O último boletim médico divulgado nesta sexta-feira, 16, informa que o  presidente deve receber alta em dois dias. 

 

Tags
image