image


Senado

Depois do pico no fim de maio, interesse na CPI da Covid cai 59% no Google

As buscas pelo assunto caiu para menos da metade nas últimas duas semanas
image
Fonte: Poder 360 - Há 5 dias

As buscas na internet sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado no Brasil caíram 59% desde o pico de interesse pelo tema, registrado na semana entre os dias 16 e 22 de maio de 2021, quando o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e a  secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, falaram a comissão.

É o que diz análise feita pelo Poder360 e divulgada nesta segunda-feira, 21.

O interesse pela comissão caiu para menos da metade desse pico nas últimas 2 semanas. Numa escala de 0 a 100 do Google Trends, ferramenta da empresa que mostra a popularidade de termos buscados na internet, a taxa média da semana de 13 a 19 de junho de 2021 ficou em 41.

A 2ª e 3ª maiores marcas em relação às buscas da CPI da Covid aconteceram na semana de 23 a 29 de maio e de 30 de mai a 5 de junho de 2021. Eis os depoimentos que aconteceram nesse período:

25 de maio – presidente da Fiocruz, Nísia Trindade;

26 de maio – presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas;

27 de maio – presidente da União Química, que tem parceria com a Sputinik V, Castro Marques;

1 de junho – médica oncologista Nise Yamaguchi;

2 de junho – médica Luana Araújo.

O pesquisador em redes sociais e diretor adjunto da Bites, André Eler, analisa os movimentos de ápice e queda relacionados à CPI da Covid no buscador.

“Os picos foram nos depoimentos do Ernesto Araújo, Pazuello e Mayra Pinheiro, além das falas de outras figuras mais conhecidas, como as médicas Nise Yamaguchi e Luana Araújo. Tem uma incapacidade aparentemente da CPI de produzir fatos novos. Então, isso evidentemente acaba cansando o público que estava interessado na CPI, contribuindo assim para uma queda nas buscas. As mesmas coisas consideradas graves pela oposição são assuntos que o público já conhecia, como os discursos do presidente e tratamento precoce”, disse Eler.

O pesquisador, por outro lado, destaca o crescimento da movimentação do público governista nas redes sociais: “O governo conseguiu retomar o interesse na semana da Nise Yamaguchi, com a volta de um discurso governista. As pessoas talvez estejam buscando outras fontes de crítica ao governo, as manifestações de 29.mai e 19.jun talvez sejam respostas à esse movimento”.

INTERESSE

Os dados apresentados nesta segunda-feira, 21, podem representar uma mudança de comportamento do internauta se comparada à penúltima pesquisa PoderData, realizada na semana de 24 a 26 de maio de 2021, logo depois dos principais depoimentos.

Segundo o estudo, 67% da população brasileira acompanham as investigações e depoimentos da CPI da Covid no Senado. Outros 33% afirmam não acompanhar o colegiado. O estudo do PoderData foi o 1º realizado com a CPI da Covid funcionando já de maneira plena.

 

Tags