image


Covid-19

Rosa Weber autoriza e Wilson Lima pode ficar calado ou não aparecer à CPI

Depoimento do governador do Amazonas está agendado para a manhã desta quinta, 10, no Senado
image Crédito: Lucas Silva/Secom
Fonte: Anilton Jr - Há 2 semanas

Na noite desta quarta, 9, a minista Supremo Tribunal Federal (SFT), Rosa Weber, atendeu o pedido de habeas corpus (HC) impetrado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, e o autorizou a ficar calado ou não aparecer ao depoimento na CPI da Covid-19, agendado para esta quinta, 10, no Senado.

"Assegurar ao paciente, acaso decida comparecer: (a) o direito ao silêncio, ou seja, o direito de não responder, e  o direito de ausentar-se da sessão" afirma Weber na decisão.

Assim como Wilson Lima, outros oito governadores convocados pela CPI acionaram o Supremo para pedir a suspensão de "qualquer ato da CPI da Pandemia referente à convocação para depoimento de governadores de Estado e do Distrito Federal".

Inicialmente, o depoimento de Wilson Lima estava marcado para o dia 29 de junho, mas foi adiantado para esta quinta-feira, após a Operação Sangria ser deflagrada pela Polícia Federal para apurar desvio de recursos público da saúde durante a pandemia da Covid-19, da qual o governador foi um dos alvos. Rosa Weber também é a relatora dos demais pedidos dos gestores estaduais.

Tags
image