image


Feminicídio

Marido suspeito de esfaquear e incendiar companheira é preso em Manaus

Veronica Sena foi morta com 11 golpes de faca na noite do último sábado, 1, no bairro Morro da Liberdade
image Crédito: Divulgação
Fonte: Da Redação - Há 4 dias

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prendeu nesta segunda-feira, 3, Whilso de Carvalho Santana, em Manaus. Ele é suspeito de matar a companheira Veronica Sena com 11 facadas e incendiar o corpo da vítima no bairro Morro da Liberdade, Zona Sul da capital.

Whilso foi detido na Zona Norte da cidade e chegou a tentar suicídio, com uma faca de cozinha, quando percebeu que seria preso pelos policiais civis. Ele foi encaminhado a um hospital para receber tratamento e depois encaminhado à DEHS.

Segundo a delegada Marília Campelo, Verônica era vítima de um relacionamento abusivo e Whilso deve responder na Justiça, além dos agravantes, por feminicídio.

Entenda

Verônica, Sena de 37 anos, foi brutalmente assassinada na noite do último sábado, 1º, na rua José Antunes, bairro Morro da Liberdade, Zona Sul da capital.

Segundo policiais que atenderam a ocorrência, a vítima foi golpeada com onze facadas e, em seguida, teve o corpo queimado pelo marido. Após o crime, moradores do bairro tentaram agredir o suspeito, mas ele fugiu da cena do crime.

Segundo testemunhas, era comum ocorrerem brigas entre o casal, que vivia juntos há cerca de oito anos.

 

 

Tags