image


Covid-19

Ministério da Saúde recomenda adiar planos de gravidez durante a pandemia

"O mais indicado agora é você esperar um pouquinho até a situação ficar mais calma", disse o secretário Raphael Parente.
image Crédito: UNICEF/UNI316681/Frank Dejo
Fonte: Da Redação - Há 3 semanas

O Ministério da Saúde recomendou, nesta sexta-feira, 16, que as pessoas adiem os planos de gravidez durante a pandemia do novo coronavírus.

"É óbvio que a gente não pode falar isso para alguém que tem 42, 43 anos, mas para uma mulher jovem, que pode escolher um pouco o seu momento de gravidez, o mais indicado agora é que você possa esperar um pouquinho até a situação ficar um pouco mais calma", disse o secretário da Atenção Primária à Saúde (Saps) do ministério, Raphael Parente.

Ele afirmou que novas variantes do vírus têm se mostrado mais agressivas para as grávidas, inclusive nos momentos iniciais da gestação. A variante P.1, originada em Manaus, se tornou a predominante no Brasil.

"A visão clínica, de especialistas, nos mostra que essa variante nova tem uma ação mais agressiva nas grávidas. Antes estava muito mais ligado ao final da gravidez e puerpério, e hoje a gente já vê uma evolução mais grave inclusive no segundo trimestre [de gravidez], quiçá por vezes no primeiro trimestre", afirmou.

As recomendações foram dadas durante uma entrevista coletiva do Ministério da Saúde. Foi anunciada a destinação de R$ 247 milhões aos Estados e Municípios para incentivar ações que assegurem o acesso de qualidade de gestantes e puérperas aos pontos da Rede de Atenção à Saúde no pré-natal.

Tags