image


Em Mumbai

Tia e sobrinha preparam armadilha e ajudam polícia a prender 28 suspeitos de estupros na Índia

Crimes ocorriam desde o início do ano
image Crédito: Reprodução/Internet - Suspeitos sendo conduzidos após prisão
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 1 semanas

A polícia conseguiu prender 28 suspeitos de estuprar adolescentes de 15 anos durante nove meses na cidade de Mumbai, na Índia. De acordo com as autoridades, os abusos começaram em janeiro e ocorreram repetidas vezes desde então. Uma das vítimas articulou armadilha para a ajudar a polícia.

O principal suspeito para o início dos crimes foi o namorado de uma das jovens, que a estuprava e filmava o momento de forma não consentida. Ele e seus amigos eram acostumados a gravar para chantagear as jovens a fazer sexo com eles contra sua vontade.  

_________________________________

RELACIONADAS  

 

 Duas versões são contadas sobre o estupro de uma jovem nas proximidades de um shopping de Manaus  

 

   Lei antiaborto desconsidera estupro e incesto no Texas    

 

 João de Deus volta para regime fechado acusado de estupro de vulnerável

_________________________________

Uma das vítimas denunciou os crimes na noite da última quarta-feira, 22, e acusou 33 pessoas de participação no estupro. Ela disse ainda que conhecia quase todos eles.  

Segundo o jornal The Hindu, a vítima procurou a polícia após narrar os crimes para sua tia, que a percebeu desanimada e aflita com mensagens e telefonemas durante uma festa de aniversário. Juntas, elas planejaram uma armadilha para prender parte dos acusados em flagrante. 

Na Índia, uma série de manifestações já tomaram as ruas do país em razão do alto número de casos de estupros coletivos e violência contra a mulher. No ano passado, a Índia registrou mais de 28 mil casos de estupro, o equivalente a quase 77 por dia, segundo o National Crime Records Bureau. 

Tags
image