image


Pronúncia

Maduro chama variante brasileira de ‘Bolsonaro’

Ao fazer um balanço sobre a Covid-19, presidente da Venezuela disse que nova cepa ‘é um desastre'
image Crédito: Divulgação
Fonte: Da Redação / O Estado - Há 1 semanas

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, critica o colega brasileiro Jair Bolsonaro (sem partido) durante pronunciamento a nação na tarde deste sábado (03). A fazer um balanço da pandemia da Covid-19 em seu país, o presidente afirmou: “É um desastre, a mutante brasileira deveria chama-se ‘a mutante Bolsonaro’.” Concluiu que o chefe do Exército brasileiro é “louco, insensível e psicopata”.

 “A mutante Bolsonaro… Porque ele é o culpado por abandonar o seu povo e por ser louco, insensível, um psicopata. Um psicopata! Insensível! Não lhe dói o povo do Brasil. Não lhe dói nada. A ele só interessa sua loucura. Vejam a situação que ele meteu o Brasil e a humanidade. O Brasil é o epicentro mundial das variantes mais perigosas e da expansão do coronavírus. Essa é a verdade", afirmou o presidente venezuelano.

Foi apresentada, durante o balanço, uma reportagem na qual aponta os recordes diários do número de casos e mortes registrados no Brasil nas últimas semanas.

Maduro reconheceu que a variante brasileira possui uma “carga de virulência maior e mais forte”. Ressaltou também que a segunda onda da pandemia está mais virulenta e perigosa por conta das novas cepas.

Tags