image


Suspensão

Cerca de 22 mil beneficiários podem ficar sem o Bolsa Família

Medida valeria para famílias com irregularidades no cadastro
image Crédito: Reprodução Governo Federal - Cartão Bolsa Família
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 5 dias

Cerca de 22 mil beneficiários do programa Bolsa Família com irregularidades no cadastro podem ter o pagamento do seu benefício suspenso.

As irregularidades estão baseadas em indícios de fraudes, renda excessivamente alta e posse em cargos políticos.

O assunto foi discutido pelo governo federal e estados nesta sexta-feira, 15. O acordo ainda não foi fechado porque a União pediu mais tempo para analisar o caso. Um suposto tratamento desigual entre os entes da federação no cancelamento dos benefícios do programa está sendo analisado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

______________________________

RELACIONADAS

Vale-gás pode sair até o final de 2022 para famílias incluídas no Bolsa Família

Bolsa Família: Caixa lança nova versão do aplicativo

Ministro da Economia diz que o governo tem prioridade zero do Bolsa Família de R$ 300

______________________________

A Advocacia-Geral da União (AGU) afirma que a falta de um censo demográfico e o impacto da pandemia provocaram discrepância nos pagamentos do programa social diante do aumento da pobreza do país em algumas regiões.

 

Segundo a advogada da União Andréa Dantas, o governo saiu de uma situação de pleno atendimento do programa para uma situação de ter que priorizar atendimentos.

 

__________________________________

 

ACESSE TAMBÉM

As mais acessadas do dia

Mais de 10 milhões de brasileiros não sacaram fundo do PIS-Pasep

 

Postos de vacinação contra a Covid-19 não funcionam neste sábado

 

Mega-Sena paga prêmio de R$ 10,5 milhões neste sábado

 

Colégio Militar de Manaus realiza concurso de admissão para alunos do ensino fundamental neste domingo

 

Vasco enfrenta Coritiba em clima de final de campeonato neste sábado

 

Tags