image


Teatro Amazonas

Espetáculo ‘As Aventuras de Matilda- O Musical’ se despede de Manaus

A peça é uma adptação do livro de Roald Dahl, que virou filme em 1996
image Crédito: Divulação/ Cia Trilhares - Espetáculo “As Aventuras de Matilda – O Musical”, da Cia Trilhares
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 1 semanas

O espetáculo“As Aventuras de Matilda – O Musical” terá suas últimas apresentações na capital amazonense no dia 1º de outubro, em duas sessões, no Teatro Amazonas.

A peça é uma adptação do livro de Roald Dahl, que virou filme em 1996. Na capital amazonense, a 'magia do livro' se despede dos palcos do Teatro Amazonas em sessões às 16h e 20h.

Os ingressos já estão à venda na Casa de Artes Trilhares e na Bilheteria Digital e na bilheteria física do Teatro Amazonas, no Largo São Sebastião, Centro da capital.

O elenco é composto por 22 atores e atrizes mesclando entre crianças, adolescentes e adultos que ao todo se alternam em 25 personagens diferentes. Somando-se com as equipes técnicas e criativas e excluindo-se as prestações de serviços externos, diariamente nos ensaios são cerca de 40 pessoas envolvidas diretamente no espetáculo.

________________________________

RELACIONADAS

Teatro Amazonas terá visitas gratuitas e apresentação musical, no Dia do Turismo

+ Em Manaus, Festival Break The Floor pretende unir a cultura indígena com o hip hop

+ GAU lança exposição virtual 'Mãos, palavras do corpo'

________________________________

A cenografia foi baseada em estudos sobre o “ferro” e a “madeira” e as características destes elementos também fizeram parte da construção de personagens pela direção artística na sala de ensaio.

O diretor geral do espetáculo,  Juca Di Souza, fala que a encenação traz entretenimento e diversão. "Ao mesmo tempo que a obra de Roald Dahl diverte, ela deixa uma forte crítica aos adultos, principalmente aos pais, escancarando situações de desrespeito à criança enquanto indivíduos com personalidades e pontua o autoritarismo, a ausência de diálogo e a alienação das grandes mídias”, destaca. 

Para Juca, o espetáculo lembra a realidade de muitas famílias nos dias atuais. “O mais absurdo é saber que isso ainda é a realidade de muitas famílias nos dias atuais. Talvez a relação com a televisão não seja mais como o autor descreve em 1988, até porque hoje em dia temos outras ‘telas’ nesta problemática, mas a reflexão acerca dos efeitos causados se mantém viva e preocupante, nos alertando o que Matilda diz do começo ao fim deste espetáculo: que os adultos precisam olhar as crianças com mais atenção, carinho e respeito”, completa Juca.

___________________________

ACESSE TAMBÉM

As mais lidas do dia

Caixa paga nesta quarta o auxílio emergencial para nascidos em fevereiro

 

 

Manaus tem 40 pontos de vacinação contra Covid-19 até a próxima sexta-feira

 

 

No Pará, mulher é presa por aplica golpes de mais de R$ 10 milhões

 

 

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões nesta quarta-feira

 

 

Concurso Banco do Brasil: candidatos já podem acessar os locais de provas

 

Tags
image