image


Interior

Casa de Saúde Indígena será construída em Benjamin Constant

O projeto ainda está em fase de elaboração
image Crédito: Divulgação/DSEI Alto Rio Solimões
Fonte: Ana Kelly Franco - Há 2 semanas

A Prefeitura de Benjamim Constat publicou no Diário Oficial dos Municípios, na última segunda-feira, 12, a doação de um terreno 2.038m² para a construção de uma Casa de Saúde Indígena (Casai). A obra está prevista no Plano Distrital de Saúde Indígena (PDSI) e será contratada por licitação pública a ser divulgada. O projeto ainda está em fase de elaboração.

O terreno está localizado na rua 13 de Maio, bairro de Coimbra naquele município. A construção será realizada pelo Ministério da Saúde, por meio do Distrito Sanitário Especial Indígena Alto Rio Solimões (Dsei). O distritro possui a segunda maior população indígena do Brasil. São mais de 70 mil indígenas de 27 etnias distribuídas em 236 aldeias. O distrito possui 16 Unidades Básicas de Saúde Indígena (UBSI), 22 Unidades de Atenção Primária Indígena (UAPI) e 10 Ambulanchas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da Saúde Indígena (SAMUSI).

Casai

A Casai é uma estrutura da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) para apoio aos pacientes indígenas aldeados que necessitam realizar consultas e tratamentos especializados na rede hospitalar municipal.

Vacinação

O DSEI Alto Rio Solimões presta serviços básicos de saúde a uma população de 70 mil indígenas em 240 aldeias ao longo do Rio Solimões, no local, 79% da população indígena com mais de 18 anos, inscrita no Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (Sasi Sisu) e especificidades da ADPF 709, já foi imunizada com a primeira dose da vacina contra a covid-19, e 62% com a segunda dose.

Tags