image


image

Valéria Costa

Jornalista e colunista

Coluna Ponto e Vírgula

Em tempos de CPI, resultados são urgentes e necessários

01/09/2021
image 01/09/2021

Amazonas Energia na berlinda

A Câmara de Vereadores de Manaus não teve força para instalar uma investigação contra a empresa Amazonas Energia, embora a casa legislativa tenha conseguido assinaturas suficientes. Mas a concessionária não deve escapar do rigor dos deputados estaduais que instalaram nesta quarta-feira, 1º de setembro, uma CPI para investigar o que classificam como “péssimo serviço”.

Investigação

Iniciativa do deputado Sinésio Campos (PT), a proposta de CPI da Amazonas Energia recebeu as assinaturas necessárias e o pedido foi lido e formalizado em plenário pelo presidente da Assembleia, Roberto Cidade (PV). A Coluna vai acompanhar.

***

Sem guarda-chuva

Depois de ter recuado na investigação da empresa de energia, os vereadores da capital agora ensaiam enquadrar a concessionária Águas de Manaus numa CPI. O motivo: aumento da tarifa, cobrança da taxa de esgoto e irregularidades nos contratos entre a empresa e a prefeitura.

Pra filhos e netos

A Aguas de Manaus, por exemplo, também está no radar de David Almeida (Avante). O prefeito já encomendou estudo jurídico para fazer o destrato da concessão de abastecimento e saneamento básico da empresa com a Prefeitura de Manaus por, justamente, a concessionária não estar cumprindo com o acordado, além de reajustar os valores da tarifa de água. O contrato que já tem 21 anos ainda tem duração de mais 23 anos.

***

Fim de novela

No âmbito federal, a CPI da Pandemia do Senado está em seus últimos dias, mas a cada sessão é um capítulo inédito. Depois de um dia de atraso, o motoboy Ivanildo Gonçalves compareceu à comissão e confirmou que realizou saques vultuosos em favor da VTCLog, empresa de logística que entrou no radar dos senadores por transações ocultas com o Ministério da Saúde.

***

Impacto zero

Em 2022, boa parte da população brasileira que é assalariada terá um pífio incremento em sua renda mensal: o salário mínimo vai passar a ser de R$ 1.169, um aumento praticamente inexpressivo e que não acompanha a inflação.

***

Adiado, de novo

A audiência de instrução do julgamento Caso Flávio, que iria acontecer nesta quarta, 1º, foi transferida para os dias 28 e 29 deste mês. O motivo: a ausência de um dos réus que está preso e doente, sem condições de participar da sessão.

***

Sinal vermelho

A FVS ainda não conseguiu detectar o verdadeiro motivo da doença da “urina preta”, que avança no interior do Amazonas e já alcança 8 municípios, incluindo a capital, mas montou uma força-tarefa com especialistas para investigar este surto.

Surto

O grupo viaja nesta quinta-feira, 2, para Itacoatiara com a finalidade de se aprofundar nas causas. Enquanto isso, o surto de rabdomiólise já contabiliza 51 notificações e uma morte.

image