image


image

Valéria Costa

Jornalista e colunista

Coluna Ponto e Vírgula

Será se as respostas virão?

15/06/2021
image 15/06/2021

Omissão federal

O depoimento de Marcellus Campêlo na CPI da Pandemia reforça a omissão do governo federal em relação ao socorro a Manaus por ocasião da crise de oxigênio, em janeiro deste ano quando o Estado atravessava a segunda onda da pandemia da Covid.

Avisos foram dados

Pelo menos uma semana antes daquele fatídico 14 de janeiro, o então secretário de Saúde do Amazonas afirmou que ligou ao então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informando sobre a iminente falta de oxigênio e pedindo ajuda logística.

Pedido de apoio

Outros ofícios foram encaminhados a Pazuello nos dias seguintes reforçando o pedido de apoio logístico para o transporte de mais oxigênio. O fato, todo mundo já sabe, culminou em mortes, desespero, revolta e tristeza de dezenas de famílias que perderam seus parentes por falta de oxigênio nos hospitais.

Respostas e culpados

A CPI da Pandemia procura respostas e culpados sobre o que aconteceu no Amazonas, mas parece que está longe de isso acontecer, pese todas as evidências. Amazonas ainda será um capítulo extenso na comissão.

***

Lima na CPI

E o capítulo Amazonas, aliás, ainda deve render na CPI da Pandemia, já que a mesa diretora acionou a advocacia do Senado e formalizou recurso ao STF para que o governador Wilson Lima (PSC) compareça à comissão.

Calmo

A postura do ex-secretário de Saúde do Amazonas na CPI foi ironizada pela senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) que, segundo ela, foi o depoimento “mais calmo” que a CPI teve até hoje. 

***

Projeto eleitoreiro

Não tem jeito e não tem como fugir dessa sina: a BR-319 virou símbolo eleitoreiro e isso vai se repetir, de novo, neste ano pré-eleitoral. As palavras do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, deixam claras essa intenção.

Promessa

Em entrevista a uma emissora de televisão local, o ministro afirmou que esta obra não "é para um mandato só". E adiantou que o início da recuperação de 52 quilômetros da rodovia inicia este ano. O Ministério da Infraestrutura fez questão de postar a informação em sua conta oficial no Twitter.

Ladainha

À propósito, os meios de desenvolvimento econômico do Amazonas têm sido, ao longo das últimas décadas, moeda de troca eleitoral, em que o governo federal usa para barganhar apoio e os políticos locais aproveitam para fazer média com os eleitores. Mas, ao fim da história, fica tudo do mesmo jeito e a ladainha se renova a cada período eleitoral.

***

Cota de gênero

A Secretaria Nacional de Mulheres do PT formalizou notícia-crime ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas em que denuncia os partidos PV, PTC e Republicanos por fraude em cota de gênero nas eleições 2020.

Notícia-crime

Segundo a denúncia, estes três partidos fraudaram a cota de candidaturas femininas e lançaram cinco candidatas-laranjas em que nenhuma delas recebeu mais de quatro votos.

***

'Sangria' na pauta

O ministro-relator do processo oriundo da Operação Sangria, Francisco Falcão, marcou para dia 30 deste mês o julgamento da ação na corte do Superior Tribunal de Justiça (STJ), às 9h (hora Brasília).

***

Fato comum

A Força Nacional de Segurança está em Manaus há quase uma semana, mas os assassinatos entre facções, os acertos de contas e as queimas de arquivo estão acontecendo “normalmente” como se isso fosse parte, já, do cotidiano local.

***

Contestação

Em resposta ao senador Eduardo Braga (MDB), que na CPI da Pandemia afirmou que a empresa White Martins alertou o Estado sobre a falta de oxigênio, o governo do Amazonas emitiu nota contestando a afirmação e disse que este alerta nunca aconteceu.