image


image

Valéria Costa

Jornalista e colunista

Coluna Ponto e Vírgula

Manaus sitiada sob toque de recolher forçado pelos criminosos

07/06/2021
image 07/06/2021

(In)Segurança pública

O domingo de terror que atingiu Manaus e algumas cidades do interior do Amazonas, externou, mais uma vez, as fissuras que a segurança pública do Estado possui. A fragilidade do sistema de segurança do Amazonas revela a incapacidade de a máquina enfrentar, diretamente, o crime organizado.

Medo

O fechamento das repartições públicas, das escolas, do comércio, do transporte público em Manaus denota falta de capacidade de o governo e seus agentes em gerenciar uma crise institucional e social. A decisão precipitada de recuar frente ao avanço dos criminosos mostrou um governo passivo, que passou recibo de medo, de inércia e sem força para enfrentar o abuso dos criminosos.

Sem proteção ...

O governador Wilson Lima (PSC) defende o discurso de que o policiamento ostensivo foi triplicado. Essa é a expectativa. Mas a realidade, mais próxima do que já vinha acontecendo, é que a população não se sente protegida. O policiamento prometido não foi visto nas ruas nestas últimas 24 horas.

... e sem projeto

O abuso e ousadia dos traficantes externam, ainda, uma desmoralização do governo frente à falta de um projeto fático e incisivo de segurança pública e mostra que, na realidade, isso não é apenas uma “sorte” do governo Wilson Lima. Basta olhar para trás e ver gestões estaduais anteriores e episódios em que bandidos deram as cartas, inocentes pagaram o preço e tudo ficou do mesmo jeito.

***

Recolhimento forçado

O mais irônico destes tristes acontecimentos é constatar que o toque de recolher imposto pelo poder público por conta da pandemia da Covid nunca conseguiu atingir seu objetivo, semanas após semanas, mas o terrorismo e o medo que as ações criminosas impuseram neste domingo forçou um recolhimento brutal e humilhante.

Inteligência sucateada

Mais humilhante, ainda, quando se tratam das forças de segurança, que não reagiram ou se anteciparam aos fatos. Escracharam a inoperância de um serviço de inteligência e que os discursos em torno de investimentos na segurança pública são apenas discursos.

***

Palco

Como em todo evento de grande repercussão, em que a incapacidade do poder público fica latente, oportunistas surgem de todos os lados, sejam para apresentar soluções sejam para acabar de jogar na “vala comum”. Neste episódio em que Manaus é protagonista não foi diferente.

***

'Motociata'

O presidente Bolsonaro (sem partido) deve vir a Manaus ainda este mês para uma “volta de motocicleta”, a exemplo do que vem realizando nos finais de semana em algumas capitais brasileira: motociatas com aliados. O ato está sendo organizado pelo Coronel Menezes. Procurado pela Coluna, ele disse que no momento certo vai publicitar o evento. 

***

Conduta

Ainda falando em Bolsonaro, a PGR vai avaliar se a conduta do presidente, no que tange ao enfrentamento da Covid no país, se configura crime de genocídio. O pedido foi encaminhado pela ministra Rosa Weber, do STF, que analisa petição enviada à corte máxima.

***

Novela chamada 'Brasil'

No país dos escândalos e corrupção, os áudios picantes do presidente afastado da CBF, Rogério Caboclo, trazem um novo ingrediente ao cotidiano e à fofoca da crônica do dia a dia.

***

E a Copa América ...

Ao final das contas, a Copa América 2021 deve mesmo acontecer no Brasil e com a Seleção Brasileira em campo. Se nada mudar, o campeonato inicia no próximo domingo, 13. Quando tudo isso terminar, saberemos quem tinha a razão...