image


image

Valéria Costa

Jornalista e colunista

Coluna Ponto e Vírgula

Lula, o Brasil e a eleição 2022

16/04/2021
image 16/04/2021

Lula, a ameaça

Com a confirmação do STF da anulação das condenações do ex-presidente Lula cresce no PT nacional, entre os aliados e até mesmo no próprio Lula o desejo de disputar as eleições presidenciais de 2022. Pesquisas de intenção de voto, inclusive, têm refletido esse favoritismo.

Antagonismo

Com isso, começa a se antecipar no país uma velha polarização que se arrasta há mais de 30 anos. Antes era PT versus PSDB. Agora, esse antagonismo é na figura direta do atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido).

Fogueira

E os recentes acontecimentos em Brasília têm contribuindo para tornar o clima político mais tenso e instável: mudanças ministeriais, embates entre órgãos governamentais e a mais nova, a CPI da Covid no Senado.

***

Omissão

Num momento em que vacina é o antídoto contra a Covid-19 e o Brasil batendo recordes diários de mortes pelo vírus saber que mais de 20 municípios do Amazonas estão pendentes de pegar lotes com as doses do imunizante chega a ser o cúmulo do absurdo. Ou é irresponsabilidade dos gestores ou falta de compromisso com seu povo.

***

Dinheiro na mão

Projeto de lei na Câmara dos Deputados defende a antecipação, em até 48 horas, da restituição do Imposto de Renda após o envio da declaração anual de pessoas físicas referentes a este ano. A matéria aguarda despacho do presidente da casa, Arthur Lira (PP-AL).

***

Embate político

Mais do que uma investigação, a CPI da Covid no Senado se desenha um verdadeiro palco político de embate entre oposição e situação e, como pano de fundo, o governo de Jair Bolsonaro.

Tensão

A composição do trio presidência, vice-presidência e relatoria da comissão antecede esse foco de tensão, que desagrada o Palácio do Planalto e pode gerar reações intensas e adversas antes mesmo da abertura oficial da CPI, agendada para o dia 22.

Evidência

Omar Aziz do PSD Amazonas vai presidir a CPI, o que o coloca em evidência nacional. Como vice, terá o oposicionista Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e como relator, Renan Calheiros (MDB-AL), desafeto do Planalto.

***

Crescimento

Com menos de um ano em que virou a marca, a TV Norte Amazonas já é símbolo de audiência, credibilidade e compromisso com a informação. Os telejornais da emissora e os programas de entretenimento aparecem em segundo lugar no ranking de audiência e bem próximos da liderança. Voilà!

***

Comércio ativo

Na capital amazonense, as atividades do comércio praticamente já estão normalizadas com o novo decreto do governador Wilson Lima (PSC). Shoppings, lojas do Centro, supermercados, postos de combustíveis tiveram horários ampliados de segunda a sábado. As mudanças começam a valer na próxima segunda-feira, 19, e terão validade por 15 dias.

***

Pregão suspeito

O TCE está investigando uma licitação realizada pela Semed Manaus que trata de contrato para aulas remotas no Município por conta da pandemia. Conforme denúncia, há suspeita de irregularidades.

Na mira

Sob a tutela do político Pauderney Avelino (DEM), que já esteve nesta função na gestão do ex-prefeito Arthur Neto (PSDB), não é a primeira vez que ele, enquanto gestor da Semed, tem o TCE no seu encalço. Porque será?!