image


image

Valéria Costa

Jornalista e colunista

Coluna Ponto e Vírgula

Um pé na gestão e outro na pré-campanha

08/04/2021
image 08/04/2021

Prefeitos em pré-campanha

As eleições 2022 prometem ser movimentadas no Amazonas e repleta de nomes ilustres nas disputas pelas cadeiras legislativas, tanto em nível estadual quanto federal. Os primeiros aspirantes serão prefeitos do interior que estão no segundo mandato.

Renúncia

O risco é que, se optarem pelo desejo de manter a carreira política, terão que renunciar aos atuais mandatos para disputarem o pleito. 

***

Ceará no game

Em Apuí, no Sul do Amazonas, o prefeito Marcos Antônio Lise (PSC) autorizou contrato sem licitação com uma empresa sediada na cidade do Crato, no Ceará, para realizar dedetização e desinfecção no Hospital Eduardo Braga, no valor de R$ 12 mil por três meses.

Efeito pandemia

Também sem licitação e por três meses, Lise fechou contrato de R$ 8,5 mil com a empresa HC Pereira para prestar serviço de sonorização volante com carro, com gravação edição para anúncios de enfrentamento da Covid na cidade.

***

Cultos e missas

A polêmica em torno da liberação ou não das missas e cultos no país ainda vai render muita discussão ideológica e religiosa e o julgamento do caso no STF dá um termômetro de como está a divisão no país.

Poder em xeque

Um dos expoentes da igreja evangélica no Amazonas, o deputado federal Silas Câmara (Republicanos) ressalta que o que está em julgamento no STF não é a liberdade de culto ou religiosa, mas se os governantes podem ou não decretar lockdown nos espaços religiosos.

Cuidados

O arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner, lembrou que a Igreja Católica fez a coisa certa quando decidiu suspender todos os ritos presenciais tão logo chegou a segunda onda e, somente retornou quando os números começaram a dar sinais de queda. Mas, ressalta: “tem que se tomar todos os cuidados”.

Pandemia, presente

Dom Leonardo ressalta que a pandemia ainda não passou e que, somente após 80% da população estar imunizada, é que se poderá ter a sensação de que as coisas estarão bem.

Imunização

A expectativa é que essa estatística avance, já que em três meses de vacinação contra a Covid, o Estado só conseguiu imunizar, até o momento, 10% da população.

***

Maligno

O Amazonas deve registrar, até o fim de 2021, mais de 5 mil diagnósticos de Câncer, segundo estimativa do Inca. A doença, aliás, foi a que mais matou no Estado no ano passado, depois da Covid.

Vítimas

As mulheres devem levar a pior nesses diagnósticos, com uma estimativa de 2,9 mil novos casos, boa parte relacionados ao câncer do colo do útero.