image


image

Valéria Costa

Jornalista e colunista

Coluna Ponto e Vírgula

Jejum, oração, revolta e demissões, a segunda agitada de Brasília

30/03/2021
image 30/03/2021

Fogo no parquinho

Na semana em que o presidente Bolsonaro convoca jejum e oração da população para esta segunda, 29, a deputada federal bolsonarista Bia Kicis (PSL) incita revolta, violência e crimes contra o governo da Bahia pela Polícia Militar.

Irresponsabilidade

Além da postura ser antidemocrática, Bia coloca em risco também a credibilidade da CCJ da Câmara, principal comissão técnica do Legislativo federal, da qual é presidente.

Pito público

A crise extrapola os muros da casa e vai parar nas redes sociais. Vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL), do Amazonas, usou a mesma plataforma em que Kicis incitou a violência para cobrar postura parlamentar à deputada.

Brasília quente

A segunda-feira também começou quente na Esplanada dos Ministérios com o pedido de demissão de Ernesto Araújo das “Relações Exteriores”. A postura de reafirmar o comportamento negacionista da presidência frente à vacina e ao enfrentamento da Covid pegou mal no mercado internacional.

***

Apoio ao líder

Da bancada do Amazonas, Silas Câmara convocou fiéis e eleitores para o dia de oração nacional; Capitão Alberto Neto compartilhou a convocatória do presidente em suas redes sociais. Os dois são do Republicanos.

***

Outra baixa

Nem bem o Palácio do Planalto recebeu o pedido de demissão de Ernesto Araújo e outro ministro formalizou sua carta de demissão ao presidente nesta segunda: o da Defesa, Fernando Azevedo e Silva.

***

Disk Aglomeração

Para denunciar festas clandestinas e com aglomerações, o vereador de Manaus, Rodrigo Guedes (PSC), sugeriu ao governo que seja criado um canal de denúncias, via Whatsapp.

***

Reconhecimento

Portaria da Secretaria de Saúde de Manaus concede elogio a servidores de oito UBS da capital “pela incansável dedicação, compromisso e eficiência na condução de suas atividades em prol da saúde da população do Município de Manaus”.

***

Segurança na pauta

Alçado a presidente da inédita Comissão de Segurança Pública no Senado, Omar Aziz (PSD-AM) tem um enorme desafio à frente, haja vista que o tema é um dos gargalos de Norte a Sul do país e necessita de ações coordenadas para frear o descontrole da violência no Brasil.

***

Pré-campanha

E as estratégias pré-eleitorais estão ficando cada vez mais aquecidas e, aos poucos, vão se delineando projetos eleitorais e aspirantes a pré-candidatos nas eleições 2020, tanto os de mandato quanto os que querem retornar à vida pública.